O que é estratégia Data Driven marketing?

estratégia

Você sabe analisar sua estratégia de marketing e saber se ela performou de uma maneira satisfatória? Se você não sabe, pode estar perdendo grandes oportunidades de crescimento do seu negócio.

Saiba que adotar uma abordagem de data driven marketing, é uma ótima solução para saber onde a sua empresa está errando e acertando no que diz respeito às estratégias de marketing.

Pois é através dessas informações que uma empresa de Tela alambrado, por exemplo, consegue:

  • Definir os próximos passos de uma campanha;
  • Tomar decisões baseadas em dados;
  • Mapear os erros;
  • Desenvolver soluções ou novas tentativas.

Ficou curioso e quer entender um pouco mais sobre o data-driven marketing? Continue lendo esse texto e conheça mais sobre essa estratégia e como ela pode ajudar a sua empresa a crescer no mercado. Boa leitura!

Clique e saiba mais +

O que é data-driven marketing?

Podemos definir o data-driven como um marketing orientado por dados, onde as empresas utilizam métricas inteligentes para se guiar e através dessas informações é possível tomar decisões, se baseando em indicadores reais.

Ou seja, uma empresa de projeto elétrico residencial alto padrão, que utiliza o data-driven, consegue ter essas informações graças ao apoio de algoritmos matemáticos e estatísticas, tendo precisão em suas decisões.

Pense que essa metodologia é bem diferente de achismo, afinal uma decisão assertiva só pode ser tomada se você tiver certeza daquilo, caso contrário poderá ter efeitos negativos que irão impactar o seu negócio diretamente.

Por exemplo, uma empresa de Gaxetas de vedação, gera milhares de dados em suas campanhas, como número de visitantes, o perfil de cada um e assim por diante, porém tratá-lo não é uma tarefa tão simples.

É justamente nesse cenário que data-driven marketing nasce, para que seja possível analisar e utilizar essas informações em ações reais.

Como implementar o data-driven no marketing?

Bom, agora que você já sabe como funciona o data-driven marketing, vamos te mostrar como implementá-lo na sua empresa, além de mostrar quais passos são necessários para começar a captar e analisar essas informações.

Defina objetivos

Definir objetivos é muito importante para qualquer estratégia, principalmente para a data-driven marketing, afinal existe uma grande variedade de dados disponíveis que podem ser combinados de inúmeras formas.

Por isso é essencial que você defina os objetivos e apresente eles para a sua equipe de marketing, se você tem uma empresa de resistências blindadas, por exemplo, pode escolher entre:

  • Melhorar a experiência do cliente;
  • Desenvolver o produto;
  • Traçar o perfil do público-alvo.

Entre uma série de outras oportunidades, por isso você precisa entender quais são suas metas e quais dados precisa coletar, é importante ressaltar que os objetivos podem mudar, afinal conforme o ciclo for acontecendo você pode acrescentar outros dados.

Colete e analise os dados

Com os objetivos traçados é chegado o momento de rever as informações que você deseja compreender, nessa etapa você irá analisar quais dados você já possui e quais precisam ser coletados. 

Saiba que nessa etapa uma variedade de dados podem ser obtidos de forma diferente e classificados da seguinte forma:

  • Dados gerados pelo próprio negócio;
  • Dados obtidos de empresas parceiras;
  • Dados de conteúdo abertos a todo o mercado.

Por isso é importante que você defina como esses dados serão coletados e quais as ferramentas necessárias para isso, para a análise de informações você pode levantar os seguintes questionamentos:

  1. O que esses dados dizem sobre o cliente? 
  2. Eles são relevantes para os seus objetivos?
  3. Quais informações complementam esses dados?
  4. Você precisa de um analista para te ajudar nesse processo? 

Ao levantar esses questionamentos, analisar as oportunidades de marketing e otimizar as rotinas da sua equipe você terá excelentes resultados, para tornar esse trabalho ainda mais preciso você pode utilizar ferramentas de análise de dados.

Redirecione campanhas

O perfil dos consumidores têm mudado com o passar dos anos, tornando essas pessoas cada vez mais conectadas, por isso é essencial que você garanta uma experiência que seja consistente em todos os canais.

Se você tem uma empresa de Retrofitting de máquinas, por exemplo, segmente o seu público, entenda quais são as dores e necessidades deles, com isso você terá as informações certas para direcionar as campanhas pagas.

Isso permite que você mantenha a segmentação definida pelo seu time, funcionando em todas as plataformas, ou seja estude onde o seu cliente está e como ele consome conteúdos.

Dessa forma, os seus anúncios serão produzidos pensando em segmentações diferentes, além de serem configuradas de forma correta para cada plataforma.

Essa etapa é importante para analisar os dados que permitem que você mantenha contato com as pessoas que já saíram do seu site.

Por exemplo, uma pessoa que viu uma caldeiraria industrial em um site de uma empresa, mas acabou desistindo da compra, será direcionado para anúncios desse produto enquanto navega pela internet, graças aos dados que deixou no site em questão.

Acompanhe as métricas

Esse é o momento de acompanhar as métricas e com isso observar alguns pontos como:

  • Padrões de sucesso;
  • Caminhos que funcionam melhor
  • Plataformas;
  • Tipos de conteúdo com melhor desempenho.

Além disso, você pode conferir as segmentações com um maior retorno, as palavras-chaves que obtiveram os melhores resultados, quais conteúdos tiveram mais visualizações, quais campanhas performaram melhor, entre outras métricas.

É importante que todas essas informações sejam anotadas em relatório, para que seja possível cruzar informações de diferentes plataformas, além de otimizar os processos e com isso obter insights.

Esses relatórios também são importantes para comparações futuras, como por exemplo saber o quando uma empresa de Conexões Galvanizadas, cresce em sua estratégia de marketing durante o ano.

Os principais benefícios

Além da eficácia, facilidade de implementação e a disponibilidade de ferramentas, o data-driven marketing oferece uma série de benefícios, veja a seguir quais são os mais relevantes.

É importante ressaltar que essa é uma estratégia que pode ser usada por empresas de qualquer segmento, basta apenas adaptar a sua realidade e necessidades.

Segmentação eficiente do público

Saiba que quando uma empresa de araldite, por exemplo, escolhe o data-driven marketing como estratégia, consegue analisar os dados de forma correta e com isso saber exatamente quem está envolvido em seus esforços de marketing.

Isso faz com que a empresa economize tempo, dinheiro e energia, focando suas ações no público certo e em campanhas mais efetivas.

Conteúdo relevante

Para que uma campanha de marketing faça sucesso ela precisa ter uma mensagem relevante, afinal o mercado está cada vez mais competitivo, por isso é muito importante que a sua empresa entenda que é necessário criar conteúdos personalizados. 

Mas o que isso quer dizer? Simples, ter uma comunicação que seja de acordo com o seu público-alvo e seus interesses.

Saiba que por utilizar dados, a estratégia de data-driven contribui para identificar o que é relevante para o seu público, tudo graças a ferramenta de automação de marketing e o monitoramento das redes sociais.

Permite fazer testes A/B

Para que você consiga melhorar cada vez mais o seu marketing e com isso alcançar cada vez mais clientes, é importante que você realize testes A/B, pois é através deles que você consegue avaliar quais ações tiveram mais resultados. 

Essa prática ajuda você a economizar tempo, pois você saberá exatamente o que funciona melhor tornando o poder de decisão muito mais assertivo, através dos testes é possível:

  • Tomar as decisões baseadas em números;
  • Diminuir a chance de falhas no futuro;
  • Concentrar os esforços em projetos que oferecem um ROI superior;
  • Consertar os esforços em ações de valor para o consumidor.

Dessa forma você consegue suprir as expectativas do seu público, se destacando no mercado de uma forma mais eficiente.

Mas afinal para que serve o data-driven marketing?

Se você chegou até aqui, viu que essa é uma estratégica muito benéfica para as empresa, pois através dos dados as tomadas de decisão se tornam cada vez mais precisas, dessa forma o data-driven marketing executa as seguintes funções:

  • Sintetiza os principais indicadores;
  • Unifica os canais;
  • Calcular métricas e variações;
  • Realizando um trabalho complementar;
  • Obtém as principais informações;
  • Fornece dados importantes dos usuários;
  • Fornece informações sobre as prioridades dos consumidores.

Todos esses indicadores são muito importantes para que a sua empresa tenha uma um panorama dos seus clientes, além disso todas essas informações são apresentadas de maneira eficaz.

Saiba que quando uma empresa conta com uma base de dados, consegue definir suas ações de marketing com mais eficiência e como consequência é capaz de atingir um maior número de clientes. 

Por isso que o data-driven é tão essencial para as estratégias de marketing, ainda mais em um mundo tão competitivo como a internet. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Espero que tenha gostado do artigo sobre O que é estratégia Data Driven marketing?
Aproveite e tenha acesso a outros conteúdos sobre Marketing separados exclusivamente para você

Separamos especialmente para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − dois =

Go up