Entenda o que é e como usar o Marketing Indireto

Quando você conhece o marketing indireto, bem provavelmente verá os seus filmes e séries de maneira diferente. Trata-se de uma das estratégias de marketing mais sutis que existem, e podem estar onde você menos espera.

Pelo fato de ser uma estratégia bem sutil, a prática também é conhecida como marketing invisível. Por meio do marketing indireto, muitas vezes o consumidor pode esquecer o que o levou a comprar determinado produto ou até confundir com vontade própria.

Na prática, qualquer empresa pode aplicar o marketing indireto para aumentar o seu número de vendas, basta saber como implementar esse recurso.

Uma loja que trabalha com aplicação de insulfilm espelhado, por exemplo, pode colocar a logo da sua marca de maneira sútil dentro de uma produção audiovisual ou qualquer outro formato, desde que o consumidor não se sinta incomodado com a presença da empresa.

Resumidamente, o marketing direto pode ser definido como um conjunto de formas de divulgação que pode ser utilizado em:

  • Marcas;
  • Empresa;
  • Produto;
  • Serviço.

Essa divulgação ocorre de maneira sútil, como dito anteriormente, de modo que a publicação seja feita fora de um contexto publicitário. Dentro da estratégia do marketing indireto, o objeto de promoção do anunciante nunca é o produto principal.

Isso é, quando a técnica é usada para promover uma empresa que desenvolve mobile promocional, o produto nunca é visto de maneira imediata. Geralmente ele é visto em um segundo momento, respeitando o conceito que está por trás do marketing indireto.

Esse mesmo produto deve ser posicionado de maneira secundária, subliminar e com uma exposição que só é possível ver ao parar para observar detalhada e atentamente.

O marketing indireto procura deixar o consumidor menos pressionado, ou seja, ocorre a busca por uma aceitação maior.

Esse tipo de estratégia é essencial para que uma logística transporte de cargas, por exemplo, consiga um número maior de clientes para manter o seu nível de produtividade saudável.

Portanto, suas ações se caracterizam por serem mais leves e menos agressivas do que as outras estratégias dentro do marketing. Inclusive, é impossível você ver qualquer verbo imperativo na estratégia de marketing indireto.

Em outras palavras, isso significa que você não verá nada como “compre”, “aproveite” e “inscreva-se”, afinal esse tipo de abordagem já pode ser considerada como uma comunicação direta.

No geral, tanto o marketing indireto quanto o direto podem ser utilizados dentro de uma empresa de acoplamento elástico flexível, visto que ambas têm o objetivo de trabalhar diretamente no número de vendas da organização.

Ou seja, as suas estratégias funcionam como ferramentas de venda. Quando o marketing indireto é colocado em prática, o objetivo principal é implantar a imagem da marca dentro da memória do consumidor.

O resultado, por sua vez, é visto a longo prazo, quando o cliente está escolhendo um produto na sua loja. Esse tipo de estratégia pode ser usado facilmente por empresas que têm seus anúncios ignorados na internet.

Por exemplo, imagine um marketing indireto voltado para um seguro para moto suhai. A seguradora terá, a longo prazo, vários contatos com os assegurados pelo simples motivo dos consumidores se interessarem pela forma que a empresa se inseriu como propaganda.

Naturalmente, o marketing indireto ativa o seu subconsciente para que você possa lembrar daquela passagem onde a marca se faz presente.

Diante desse contexto, podemos confirmar que o marketing indireto costuma gerar retorno a longo prazo, o que é essencial para uma loja virtual que trabalha com produtos como um lava olhos de emergência, que logo, terá o número das suas vendas aumentado de maneira significativa.

Clique e saiba mais +

O marketing indireto pode substituir o direto?

Para ser mais claro, essa substituição não ocorre. Ela se apresenta como uma alternativa para deixar a marca saturada através dos anúncios diretos, convencionais e mais agressivos.

O fato é que as pessoas já estão acostumadas a serem bombardeadas com propagandas invasivas e de chamadas de ação.

Contudo, ao receber um anúncio sútil relacionado a uma auditoria e consultoria empresarial, por exemplo, o consumidor facilmente pode criar um interesse sobre a empresa, afinal ela está praticando uma estratégia que está respeitando o espaço do cliente.

Em outras palavras, trata-se de uma prática que não afeta a maneira que o consumidor está consumindo o seu entretenimento.

Nesse cenário, podemos ver muitos flyers, posts patrocinados, pop-ups, spams e comerciais, ou seja, são tantos formatos de publicidade que o consumidor acaba criando uma resistência maior para esses tipos de anúncios.

O motivo para esse tipo de comportamento está conectado diretamente com o uso frequente dos plugins que bloqueiam essas propagandas. 

Dentro do marketing indireto, as ações devem acontecer de maneira subliminar, de modo que o público aceite aquela propaganda de maneira natural.

Isso porque é muito difícil o consumidor deixar de consumir o seu entretenimento pelo simples fato de uma marca aparecer de maneira sútil.

Ou seja, quando há um anúncio relacionado à manutenção de câmeras cftv, por exemplo, desde que seja inserida de maneira sútil, o consumidor pode entender que tal serviço é necessário para que a segurança do local não fique comprometida.

Em todo o caso, independentemente do produto que a empresa deseja inserir no formato desejado, quando é utilizado o conceito do marketing indireto é muito mais provável que o consumidor queira criar uma relação com a marca.

Não podemos deixar o marketing direto de lado, porque a sua utilidade continua sendo bem importante na busca de resultados mais rápidos. Esse mesmo tipo de estratégia também é usado para promover o lançamento de um produto ou divulgar uma promoção.

Onde o marketing indireto pode ser aplicado?

Até aqui, o artigo permaneceu focado em apenas falar sobre o conceito do marketing indireto. Agora você verá como as ações desse tipo de marketing são vistas na prática. Para exemplificar, usaremos 7 canais que costumam ser utilizados no marketing indireto.

Filmes, séries e novelas

Esse é o exemplo mais clássico de inserção de marketing indireto. Basta lembrar de uma atriz famosa que está usando um shampoo, um ator que está usando um notebook de uma marca famosa ou alguém tomando uma bebida popular.

Todas essas ações são previamente pensadas para que os consumidores criem uma conexão com a marca, produtos ou serviços que estão sendo divulgados.

Vídeos na internet

A lógica do marketing indireto é semelhante com a dos filmes e séries, só que aplicada como um recurso normalmente usado no marketing digital. 

Comerciais de TV

O marketing indireto também é aplicado dentro dos comerciais de TV. Tudo depende da mensagem que será transmitida, porque ela não pode ter, em hipótese alguma, cara de propaganda.

Os conteúdos dos comerciais não devem explorar as características do produto ou os motivos pelos quais as pessoas devem comprá-lo.

Camisas de clubes

Deixando um pouco as produções audiovisuais, existem também as ações de marketing invisível integradas ao marketing esportivo. Os patrocínios que aparecem nos uniformes dos atletas, em geral, é um exemplo bem comum de marketing indireto.

Ações publicitárias em estádios

Estádios e arenas também funcionam como palco para esse tipo de marketing. É através desses espaços que os anunciantes podem expor as suas marcas em placas publicitárias na beirada do campo ou em espaços disponibilizados ao redor das arquibancadas.

Backdrops

Os backdrops, ou estandes pantográficos, são painéis publicitários usados como plano de fundo de eventos, entrevistas coletivas, premiações e apresentações. Geralmente são vistos em coletivas de imprensa de clubes esportivos e na entrada de premiações importantes.

A intenção dessa peça é aproveitar, de maneira indireta, a exposição que a mídia dá para as marcas anunciantes ao mesmo tempo em que um atleta está dando uma entrevista.

Games

Por fim, temos outro exemplo claro dentro do universo audiovisual, onde os games são usados pelo marketing indireto. Os jogos esportivos são os mais usados para expor anunciantes nas placas publicitárias dos campos/quadras virtuais e nas famosas telas de loading.

Os jogos de corrida também podem ser usados como exemplo, já que divulgam as marcas dos fabricantes de automóveis quando o jogador escolhe o veículo.

De maneira geral, o marketing indireto é inserido nos games com a intenção de aproveitar um momento de lazer e envolvimento dos jogadores para inserir, de maneira sútil, as marcas no contexto dos games.

Isso porque as pessoas costumam passar boas horas jogando, então é bem provável que elas tenham mais contato e criem mais lembrança dos anunciantes veiculados.

Portanto, no momento que você ligar a TV para assistir um jogo de futebol ou até mesmo o seu videogame, repare que sempre haverá anúncios inseridos de maneira sútil, de modo que o usuário não se sinta incomodado com a presença da marca.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Especialista em Marketing Digital

Marketing digital são ações de comunicação que as empresas podem utilizar por meio da internet, da telefonia celular e outros meios digitais, para assim divulgar e comercializar seus produtos ou serviços, conquistando novos clientes e melhorando a sua rede de relacionamentos.

Separamos especialmente para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 + 12 =

Go up